Featured

Prabhat Samgiita

In this blog-page you can find all Prabhat Samgiita songs posted in our website. We will keep adding more songs that we studied in our programs.

The songs have here been named after an initial segment of their lyrics (which is not an official name, because the composer didn’t name the songs). Each song is identified with its number, given according to its order in the sequence of composition of the songs (totaling 5018 songs). Other pieces of information given are: language, raga and tala in which the song is composed and date of composition. Many songs don’t follow any particular known raga, possibly being composed in other melodic forms or musical styles.

For each song we present the original lyrics transliterated to Roman script. Transliteration was done with phonetic adaptations so as to better reflect how the words are actually pronounced. (See more on Pronunciation.)

After the lyrics there is in general an audio presenting the song and a download button for the same audio file. Lastly follows a translation of the lyrics. As the Prabhat Samgiita lyrics are very poetic and subtle in general, they allow much room for subjective interpretation, particularly during translation.

Around hundred songs have already been studied in our ONLINE CLASSES. So, if you are interested in going deeper into the pronunciation of a song, into its meaning or detailed (word by word) translation, we recommend you to listen to the recording of the class in which it was studied (if it already was). So, in case the recording is available in our website, then its download link has been posted after the download button of the audio file and before the translation.

We hope you enjoy these songs and their message!

NOTE: The audio files posted below to present each song are not professional studio recordings. They are recordings of live presentations or practice sessions with students. Therefore, the audio quality is probably not the best, and there may also be occasional, smaller problems in the aspects of music or lyrics. When and if we get a better recording, we will post it here. We expect that these possible shortcomings don’t distract listeners from getting a good idea about the songs, and from being able to appreciate it!

Your comments are welcome!

In the prabhatasamgiita.net website you can find the lyrics of all Prabhat Samgiita songs and listen to audio recordings of most of them.

Bhajore Ishtho Nam

Número Idioma Raga Tala
4673 Bengali Bhairavi Bhajan Theka

Calcutá, 4 de Janeiro de 1990.

(Canção do Ishtha Mantra)

 

Bhajo re ishtho nam, mon amar,
Bhajo re ishtho nam,
Mon amar bhajo re ishtho nam
Srishthi sthiti tatei nihito
Tahatei shesh porinam,
Mon amar bhajo re ishtho nam.

Dilen je purush e amrito nam
Tini i janen er nabo dham
Dhorar dhulay ei obhiram
Shune jao obiram. Mon amar…

Je amrito loke achhen she srashtha
Anrito jogote bhangen she spardha
Shakol dharaker ekak she dhortta
She amar mohon shutham. Mon amar…

 

Ouvir

[sdm_download id=”3125″ fancy=”0″]

 

Gravação da aula on-line sobre esta canção

 

Tradução:

Ó, minha mente! Cante o nome sagrado de Ishtha.
Todas as facetas da criação, preservação e destruição residem nele.

Ó Supremo, que nos conferiu este Nome Imortal,
Apenas ele conhece a secreta origem deste constantemente renovado Universo.
Nesta terra empoeirada, continua escutando sempre a canção dele.

Ele permanece no mundo da imortalidade,
E de lá rompe todas as barreiras deste universo transitório
Ensinando o ego a se entregar.
Ele é o Supremo, o abrigo último.
Ele é o mais encantador refúgio da minha mente.

 

Aji tomari paroshe tomari haroshe

Número Idioma Raga Tala
734 Bengali Bhairavi Keherva

Calcutá, 8 de agosto de 1983.

 

Aji tomari paroshe tomari haroshe
Dharoni uthilo hashi
Aji tomari chhonde tomari anonde
Dhora kohilo bhalobashi
Ami tomakei bhalobashi

Tabo kripa dharate tomari aashishe
Kalo kuyashar kali kete gelo nimeshe
Jahara tomar aalo nibaiya dite chhilo
Kotha gelo she paporashi. Tomari paroshe …

Je bhabona chapa chhilo kalpona kushume
Taha aaj nebe elo morttero marome
Dhoray prodip jele shapto lokete mile
Eki shure bajabo bañshi. Tomari paroshe …

 

Ouvir

[sdm_download id=”3124″ fancy=”0″]

 

Gravação da aula on-line sobre esta canção.

 

Tradução:

Com Teu toque e alegria, a Terra está sorrindo.
Em Teus ritmos e bem-aventurança
A Terra proclama: “Eu Te amo, somente a Ti eu amo.”

Com tua contínua graça e benções,
a escuridão da neblina foi destruída num piscar de olhos.
O epítome do mal que costumava eliminar a Tua luz
Ó! Onde é que ele desapareceu?

Os sentimentos que estavam ocultos (como que) por trás das flores da imaginação
agora emergiram da profundidade da Terra.
Acendendo as luzes na Terra, fundindo-se em todos os universos,
Todos agora irão tocar flautas em uma Única nota.

Aamar dukher rate ele probhu

Número Idioma Raga Tala
1563 Bengali Bhairavi Dadra

Calcutá, 12 de junho de 1984.

 

Aamar   dukher   rate   ele   probhu,   shukher   dine   ele   na
Aañkhir   jole   dhora   dile,   phañkir   chhole   bhulle   na.
Shukher   dine   ele   na.
 
Boshonteri   phuler   dalay,   shajiye   rakha   pujarchanay,
Orgho   dite   paini   tomay,   jeche   nile   bedonay
Shukher   dine   ele   na.
 
Hashir   khelay,   aalor   melay,   paini   tomay   khushir   belay,
Nirandhro   ei   amanishay,   pelum   tabo   koruna.
Shukher   dine   ele   na.

 

Clique para ouvir

[sdm_download id=”2996″ fancy=”0″]

 

Gravação da aula on-line sobre esta canção

 

Tradução:

Você me visitou nas noites mais dolorosas, mas não veio para compartilhar minha alegria
Você não pode ser reconhecido pelas artimanhas do intelecto, mas somente pelas lágrimas do coração.
 
A primavera trouxe a beleza das flores; eu preparei objetos para a Tua adoração;
Você não pode ser alcançado através de oferenda alguma,
mas somente através da entrega sincera do coração angustiado.
 
Na frívola e reluzente brincadeira, eu não Te busquei
No entanto, eu recebi a Tua graça na noite mais escura de Lua Nova.

 

Shubho Chetonay

Número Idioma Raga Tala
4775 Bengali Darbari Kanada Keherva

Calcutá, 2 de março de 1990

 

Shubho chetonay priti dotonay
Eshe chhile tumi priyo aamar ghore
Mon jomunay dheu neche jay
Ujaner pane tumi chalale tare

Nitto brindabone aachho bhokter shone
Shabakar kotha shune jao tumi protikhone
Shob bhab shob kaaj royechhe tabo monone
Tumi achho mormo bhore
Eshe chhile tumi…

Nittanondo tabo lilanonder shathe
Shob kichhu ghire achho he priyo oto-prote
Onuporomanu majhe he chiro achho jogote
Kalatito kalgoto proti prohore
Eshe chhile tumi…

 

Clique para ouvir

[sdm_download id=”3132″ fancy=”0″]

 

Tradução:

Ó amado, Tu vieste à minha mente com um espírito amoroso e abençoado
As ondas emergentes do rio Jamuna da minha mente dispersam-se dançando
Tu as guia correnteza acima.

Tu sempre estás no Brindaban das mentes dos devotos.
Tu sempre escutas as histórias de todos
Todos os sentimentos e ações estão dentro da Tua mente.
Tu preenches todos os corações.

(Enquanto estás) Em Tua liila*, Tu estás além de toda a liila,
Tu envolves (testemunhas) todos, individualmente e coletivamente
Tu estás eternamente presente na existência mais profunda de todos.
Tu estás além do tempo; no fluxo do tempo, em todos os momentos.

* Liila, em sânscrito, designa o jogo cósmico do Criador com as criaturas.

Vajra kathor kusum korak

Número Idioma Raga Tala
1565 Sânscrito Yaman Rupak

Calcutá, 13 de junho de 1984.

 

Vajra kathor kusum korak, pinakpanaye namo namaste
Rajat girinibha chandra shekar sarva gunani janami te
Pinakpanaye…

Paresh tvam prabhu apareshah tvam, artta jananam ashrayah tvam
Anadi kalatit sante samsthitah namo shantay pashupate
Pinakpanaye…

Sarva ratnadhish sarva tyagi tvam marakat mani udbhashitah tvam
Vishva bijam vishvasyadyam, namo shivay sambhutapate
Pinakpanaye…

 

Clique para ouvir

[sdm_download id=”3138″ fancy=”0″]

 

Tradução:

És tão rigoroso como um raio, e também tão suave como o botão de uma flor.
Ó Senhor Shiva, portador do pinaka, eu te saúdo.
És como uma montanha de prata, com uma lua crescente sobre Tua cabeça
Eu sei que tens todas as qualidades.

Tu és o controlador dos mundos manifesto e imanifesto
Tu és o abrigo de todas as pessoas aflitas.
És sem começo e além do tempo,
E mesmo assim, estás sempre presente junto a todas as criaturas.
Eu Te saúdo, ó Imperturbável, Senhor dos pashus!

A Ti pertencem todas as jóias e pedras preciosas
E ainda assim, Tu renuncias a tudo
És tão efulgente quanto uma brilhante esmeralda
És a própria origem e força primordial deste universo
Ó Shiva, Senhor Supremo de todos os seres, eu Te saúdo.

Tumi je eshe chho aaj

Número Idioma Raga Tala
647 Bengali Darbari Kanada Tintal ou Keherva

Calcutá, 5 de julho de 1983

 

Tumi je eshe chho aaj, byatho joner kotha bhabite
Shabar moner kalo nashite, shakol jibere bhalobashite

Taboo aasha poth cheye boshiya chhilo je dhora
Bethar chinho tar chhilo je onge bhora
Shukher shakol resh hoye giye-chhilo hara
Klesher darun bhar bohite bohite

Dhoraro bokhkhe jalo aaro beshi kore aalo
Nipidito hiya majhe aaro beshi shudha dhalo
Udatto shore shabare dak diye balo
Uñchu shire shammukh pane cholite

 

Clique para ouvir

[sdm_download id=”3136″ fancy=”0″]

 

Tradução:

Ó Senhor, Tu vieste hoje para cuidar das pessoas sofredoras,
Para destruir a escuridão em todas as mentes, para amar todos os seres vivos.

A Terra estava ansiosamente esperando pela tua chegada,
Com marcas de feridas por todo o corpo dela
Todos os sinais de felicidade perderam-se
Arrastando o doloroso fardo de agonia.

No seio da terra, produza mais luz.
Nos corações em dificuldades, despeje ainda mais néctar
Conclamando todos com voz firme,
A moverem-se adiante com as cabeças erguidas.

Tomare deke chhi

Número Idioma Raga Tala
3522 Bengali Bhairavi Keherva

Calcutá, 29 de abril de 1986

 

Tomare deke chhi tomare cheye chhi
Tumi chhada kichhu na jani
Monone mete chhi bhalobeshe chhi
Bishshe shudhui tomare mani

Tomari bhabher srote ami bhashigo
Tomari kurubinda te nachigo
Tumi shindhu ami bindu
Tomari priti more rekhe chhe tani
Tumi chadda kichhu…

Ushna ulkaghate korokapate
Dokhina shomirone jyotsna rate
Morme bhashe dikboloye hashe
Tomari giti omrito bani
Tumi chhada kichhu…

 

Clique para ouvir

[sdm_download id=”3135″ fancy=”0″]

 

Gravação de aula on-line sobre esta canção

 

Tradução:

Eu Te chamo, eu desejo a Ti somente, eu não conheço mais ninguém
Minha mente, intoxicada com Teu amor, somente entende a Ti.

Eu fui arrastado pelas enchentes dos Teus pensamentos, dançando ao Teu desejo.
Tu és o infinito oceano, eu sou uma gota Tua; Teu amor me prende para sempre.

Na chuva dos implacáveis meteoros, na violenta chuva de granizo
Nos reconfortantes ventos frescos à luz da lua cheia
Tua canção e Teu néctar de doce voz fazem meu coração flutuar rumo ao horizonte sorridente.

Shur toronge mohono ronge

Número Idioma Raga Tala
772 Bengali Bhairavi Dadra

Calcutá, 19 de agosto de 1983.

 

Shur toronge mohono ronge, bhubone rangale ki kore
Tumi bologo bologo aamare
Modhuro onge modhuro bhonge, shabar shonge liila kore
Tumi bologo bologo aamare. shur toronge…

Mortte matale jyotsna nishithe, oruno chhobite shornimo prate
Kanokanjali champako koli, shabare chhuile nijokore
Tumi bologo bologo aamare. shur toronge…

Chhonde o taale duloje dolale, ramdhonu rong nobhe eñke dile
Shabar adale lukaye porile, bichitro tabo liila-share
Tumi bologo bologo aamare. shur toronge…

 

Clique aqui para ouvir

[sdm_download id=”3133″ fancy=”0″]

 

Gravação de aula on-line sobre esta canção

 

Tradução:

Com ondas de música e de cores encantadoras,
como Tu coloriste este universo?
Param Purusha) Por favor, diga-me.
Com doce elaboração e doce transgressão,
Fazendo liila com todos. Por favor, diga-me; por favor, diga-me.

Intoxicando a criação com a noite iluminada pela Lua
e a tonalidade avermelhada no amanhecer dourado
oferecendo os botões das flores champak
fazendo todos serem Teus, com um toque suave,
por favor, diga-me; por favor, diga-me

Fazendo o universo dançar em Teus ritmos e padrões
Pintando-o com as cores do arco-íris
Escondendo-se por trás de toda a criação com mistério insondável
Por favor, diga-me; por favor, diga-me.